dados e expansão

Obtenção de dados e expectativas de expansão

____________________________________________________________________________________________________

Em paralelo, estarão sendo recolhidas informações junto aos vários setores da universidade que implicam diretamente nos planos de expansão. As informações a serem buscadas/atualizadas são, pelo menos, as seguintes:

a)  Programação de abertura de cursos de graduação (link formulário);
b)  Programação de abertura de cursos de pós-graduação (link formulário);
c)  Programação de abertura de cursos de sequenciais (link formulário);
d)  Programação e abertura de cursos a distância (link formulário);
e)  Programação de aumento de vagas para cursos reconhecidos (link formulário);
f)  Programação de remanejamento de vagas e/ou criação de novo turno (link formulário);
g)  Programação de abertura de cursos de extensão (link formulário);
h)  Programação de abertura de cursos fora de sede (link formulário);
i)  Programação de abertura de programas de pesquisa (link formulário);
j)  Cronograma de expansão do corpo docente (link formulário);
k)  Cronograma expansão do corpo técnico-administrativo (link formulário);
l)  Infraestrutura física (link formulário);
m)  Infraestrutura acadêmica (link formulário);
n)  Acervo da biblioteca (link formulário);
o)  Infraestrutura de TI (link formulário).

Além destas informações, cada setor da universidade deverá preencher o Formulário de especificação setorial, que compreende os seguintes tópicos:

   1. Introdução (texto de até 1000 caracteres sobre setor, contendo descrição das políticas vigentes na unidade e reflexão sobre novas necessidades e eixos norteadores da unidades),

   2.  Missão (fazer vínculo com a missão da UNILAB),

   3.  Visão (o que pretende ser a unidade),

   4. Princípios de atuação (dentre aquelas de Unilab, quais devem ter especial atenção dentro da unidade);

   5. Objetivos (Identificar cinco grandes objetivos da unidade para o prazo de cinco anos).

Determinadas unidades receberão o Formulário Política-base. As políticas-base a serem elaboradas são as seguintes:

   1. Políticas de Ensino

  • Políticas para o ensino de graduação;
  • Políticas para o ensino de pós-graduação.

   2. Políticas de Extensão

   3. Políticas de Pesquisa

   4. Políticas de Gestão

  • Política de gestão de pessoas;
  • Política de planejamento;
  • Política de Assistência estudantil;
  • Política de relações Internacionais;
  • Política de Infraestrutura e expansão.

   5. Responsabilidade Social

  • Política de Responsabilidade Social;
  • Política de Acesso à Informação.

   6. Políticas de Avaliação

  • Políticas de Avaliação Institucional.

O preenchimento é obrigatório para o setor unidade que receber tal demanda/provocação, mas a mesma política-base poderá ser formada por mais de um setor.

O formulário possui os seguintes tópicos para discussão e redação:

   1. Concepção da política  (breve reflexão sobre qual a necessidade e importância desta política, observando, sempre, as especificidades e valores da instituição);

   2. Objetivos (Identificar cinco grandes objetivos que devem ser alcançados ou nortear a implantação da Política-base. Cada objetivo deve contar com apontamento de ações a serem cumpridas. Cada ação deve ter uma meta para avaliação/metrificação do resultado, com identificação de prazos quando for julgado necessário pela unidade.

 

Os formulários estarão disponíveis para download a partir do dia 19/08/2013 e deverão ser encaminhados à PROPLAN, através de memorando, até o dia 27/10/2013, pela unidade responsável.

 

(voltar)

Post comment

Deixe uma resposta